Exercicio anaerobico ou aerobico qual o melhor para emagrecer

Os tipos de exercícios e os resultados que são capazes de gerar são alguns dos tópicos mais estudados e discutidos ao longo dos anos. Claro, já ouviste falar deles, e muito mais de aeróbica, mas vamos tentar esclarecer mais simplesmente aqui para que possas entender o que se passa no teu corpo em cada um.

Aeróbica x anaeróbia: Qual é a diferença?

A primeira diferença básica refere-se à intensidade do estímulo sendo emitido no corpo e a fonte de produção de energia para o esforço - que o corpo usaria como prioridade ou mais importante em uma determinada situação.

Tradução: o esforço que terá de fazer num determinado exercício é produzir um movimento ou esforço muito intenso e que não será capaz de ser sustentado por muito tempo (algo como menos de 20 segundos, em média)?

Em caso afirmativo, trata-se principalmente de exercícios anaeróbicos, ou seja, exercícios não aeróbicos, em que o corpo não precisa de procurar ar (aero) ou oxigénio para realizar esforços.

E isto porque, porque a necessidade de energia é muito e muito rápida, vai usar a energia que já está pronta para ser usada e que está armazenada dentro dos músculos.

Em outras palavras, não estamos falando de muita energia, então, no momento em que ela termina (e vai acabar rapidamente), você não pode mais realizar o movimento.

Agora que o esforço não tem uma intensa intensidade tão elevada e o corpo é capaz de mantê-lo por mais tempo, temos o uso prioritário de energia que vem fora dos músculos, através dos vasos sanguíneos.

É um processo mais lento, mas é capaz de continuar a fornecer energia por mais tempo porque não se limita à energia que é armazenada dentro do músculo, mas vem da circulação.

Este processo de produção de energia chama-se oxidativo, isto é, usa oxigénio, que vem do ar e por isso chamamos-lhe aeróbica. Nesse momento, temos gordura como principal fonte de energia que manterá o esforço por muito tempo.

Por tanto tempo, as pessoas que queriam perder peso acreditavam que este era o melhor método. Hoje, porém, temos mais ciência e informação para entender melhor diferentes exercícios e sabemos que existem alternativas mais eficientes. Isso não significa que o exercício aeróbico não funcione.

Qual deles perde mais peso?

No exercício anaeróbio, inicialmente, a principal fonte de energia no momento da execução não é a gordura, pois por ser de alta intensidade, não há tempo de oxidá-la para poder utilizá-la.

Mas, ao final da execuo de um esphorus anaer-cio, precisamos repor aquela reserva de energia quemos consumindo em alta intensidade. E assim, enquanto estamos a recuperar, sem fazer qualquer esforço, a substituição de energia usará a via oxidativa.

Ou seja, a recuperação de um esforço anaeróbico é feita pelo consumo de gordura, pelo que, pensando apenas na energia consumida na educação, não temos realmente diferenças importantes.

Por outro lado, o exercício anaeróbico porque requer "stress máximo" muscular e deficiência energética, acabando por gerar ferimentos ligeiros nas lesões da fibra muscular que chamamos de micro lesões.

Essas feridas microscópicas são muito positivas, pois forçam o sistema imunológico a "curá-las", o que pode levar dias para se reconstruir. Esse trabalho de reconstrução, por ocorrer em menores intensidades de esforço, também utilizará a via oxidativa, ou seja, consumirá gordura para a reconstrução.

E o melhor é que farás esta reconstrução 24 horas por dia até "curares" as micro lesões. Isto significa que você terá um longo período de gordura mesmo depois de terminar o treino (efeito pós-queimadura).

Neste cenário, agora o músculo é mais forte e só para isso, também começa a consumir mais energia durante o dia. Por enquanto, é grande e precisa de mais para sobreviver, ou seja, mais despesas energéticas.

Tipos de exercício anaeróbico

  • Musculação
  • Natação
  • Pilates
  • Yoga
  • Ginástica Olímpica
  • Vire
  • É um snitting
  • Treinamento HIIT
  • Crossfit
  • É muito importante enfatizar duas coisas:

    O primeiro ponto é que mesmo quando trabalhamos cada vez menos carga, estamos também a gerar stress nos músculos e micro lesões, mas a uma profundidade, escala e fibras menores que não ganham tanto volume, porque não armazenam energia e usam muito mais energia externa à musculatura.

    E o segundo ponto que é salientado é que em nenhum momento é um esforço 100% de um tipo. Há sempre uma relação em que todos os caminhos são usados, sejam aeróbicos ou anaeróbicos, de uma forma mais prioritária de um lado ou de outro.

    Exercícios de queima de gordura

    8 exercícios para gordura de patrono na parte de trás

    7 exercícios que ajudam a perder gordura local

    5 exercícios para queimar gordura do fundo

    Comentários (5)

    • consuelo zagalo
      consuelo zagalo

      Eu recomendo para todo mundo !!

    • eda r. vinter
      eda r. vinter

      Muito bom produto

    • Cáren D Agostinho
      Cáren D Agostinho

      Sempre compro e não troco por nenhuma.

    • minerva roth
      minerva roth

      Comprei e vi a diferença está na qualidade

    • idília leberardt jordão
      idília leberardt jordão

      Ótimo produto! Recomendo!

    Deixe o seu comentário

    Ótimo! Agradecemos você por dedicar parte do seu tempo para nos deixar um comentário.